Endereço: Rua Pamplona, n°145, cj.704 , Jardim Paulista,

Fale Conosco: (11) 3214-2953

(11) 94941-8374

A importância da Intergeracionalidade na saúde do idoso

O termo intergeracionalidade vem sendo muito discutido nos últimos tempos. A sua definição nada mais é que, interações planejadas de grupos de pessoas com diferentes idades e em diferentes fases da vida. Mas afinal, por que se estuda este termo? Qual sua importância na saúde do idoso?

Pesquisas científicas mostram que a convivência de diferentes gerações promove melhora na cognição e estado de humor de idosos. Outros benefícios que também podem ser destacados são: a quebra do preconceito com o processo de envelhecimento, a troca de experiências dos mais maduros com os mais jovens, o fortalecimento de laços afetivos e a transferência de cultura e valores, favorecendo assim, a tentativa da construção de uma sociedade mais respeitosa e tolerante.

Em virtude do grande envelhecimento populacional, estudiosos vem traçando estratégias e intervenções em busca de proporcionar qualidade de vida aos idosos. Uma das intervenções no nicho da cognição que vem mostrando bons resultados para melhora de funções cognitivas de idosos é a realização de programas de estimulação cognitiva intergeracional. A neuropsicóloga Dra. Gislaine Gil, referência na área de intervenções cognitivas realizou um grande estudo no qual avaliou o desempenho de adultos e idosos em testes cognitivos após realizarem um programa de estimulação cognitiva multidisciplinar intergeracional. Os resultados mostraram que este tipo de intervenção promove melhora em funções cognitivas de pessoas acima de 50 anos.

Outra modalidade de intervenção que vem sendo estudada nos últimos tempos com uma proposta intergeracional é a reabilitação gerontológica por meio de videogames interativos de realidade virtual. A pesquisadora e fisioterapeuta Jéssica Bacha, relata que sempre escuta em suas sessões que aplica intervenções com videogame para os idosos, a seguinte afirmação: “ hoje eu entendo porque meus netos gostam tanto de jogar estes jogos virtuais”. Além deste recuso ter este quesito lúdico e intergeracional, possui vários benefícios para a saúde motora, sensorial e cognitiva destes indivíduos


Referências Bibliográficas:

http://www.vigilantesdamemoria.com.br/blog/uso-da-realidade-virtual-na-reabilitacao http://www.vigilantesdamemoria.com.br/blog/beneficios-da-realidade-virtual-na-cognicao http://www.vigilantesdamemoria.com.br/blog/vantagens-da-realidade-virtual-na-reabilitação

Para mais informações sobre a relevância destes assuntos venha conhecer nossos cursos de Capacitação em Estimulação Cognitiva com Simulação Prática - EaD (Ensino a Distância) ao vivo e Aplicabilidade da Realidade Virtual na Reabilitação Cognitiva, Motora e Sensorial: teoria e prática (presencial ou EAD em tempo real).